Todo restaurante precisa manter bem organizado seus produtos e materiais em estoque para conseguir prestar um serviço de qualidade e evitar ao máximo erros por conta do estoque. E isso pode ser possível através de um sistema para restaurante.

Um controle de estoque de restaurante eficiente evita perdas e a falta de produtos, além de influenciar diretamente no financeiro e no atendimento da empresa.

Alguns erros comuns acontecem com muitos restaurantes que se perdem na organização por conta de quantidade de estoque e a movimentação diárias, além do acumulo de funções por conta de quem cuida do estoque, que muitas vezes cuida também do caixa, cozinha, salão, entre outros.

Em algumas situações o planejamento manual, sem um controle fixo, pode te deixar na mão. Acontece muito também o fato da comunicação entre partes do restaurante não serem precisas e gerar ruídos entre setores, que, necessariamente precisaria de uma comunicação limpa.

São esses e diversos problemas que restaurantes, bares e lanchonetes enfrentam devido a falta do controle de estoque.

 

Mas como melhorar a gestão do meu estoque?

O controle do estoque necessita de atenção para as seguintes atividades: vendas, compras, movimentações, transferência, relatórios, fornecedores. E dar conta de todos esses pontos manualmente ou com milhares de planilhas, pode ser uma tarefa difícil, ainda mais quando há demais coisas a fazer.

Por isso a tecnologia traz vantagens para que tudo seja feito com maior praticidade, facilidade e organização. Os sistemas de controle de estoque são uma opção no mercado que tem ajudado muitos donos de estabelecimento ter maior produtividade e assertividade, sem chances de erros e prejuízos.

 

Quais as vantagens e atribuições de um controle de estoque feito por um sistema?

Não há quem não queiria ter o estoque todo organizado, facilidade de cadastro de notas, movimentações documentadas e automáticas, né? Os sistemas de gestão para empresas de alimentação cumprem esses benefícios.

 

Maior organização do estoque

O controle de estoque, pode organizar seu estabelecimento e acabar com os erros e dores de cabeça. De forma mais rápida e objetiva você pode organizar todos os seus produtos por categorias, classificando-os, de forma que poderá ajudar na conferência e controle.

Manualmente essa tarefa demandaria muito tempo e estaria suscetível a erros com maior facilidade, além de que a consulta destes produtos é mais dificultosa.

 

Ficha técnica

Com o cardápio do seu bar, restaurante ou lanchonete em mãos é imprescindível que você tenha também a Ficha Técnica. Ela é utilizada em qualquer cozinha de restaurante e quanto maior o grau de precisão mais fácil de administrar o negócio.

Uma das dificuldades encontradas pelo dono ou gestor dos estabelecimentos de alimentos e bebidas é conseguir quantificar os custos de produção.

A Ficha Técnica contém o custo de cada ingrediente, a quantidade que vai no cardápio e o custo de cada produção.  E conhecer a margem real de lucro só é possível se conhecer com o custo efetivo.

Com essas informações fica também mais fácil para fazer a retirada e controle do seu estoque.

 

Entrada e retirada de estoque

As conferências de entrada de mercadorias passam muitas vezes despercebidas pelos proprietários, mas essa tarefa merece atenção. Dados importantes como data de entrega, quantidade e dados do registro devem ser feitos assim que recebidos e com o sistema de gestão o lançamento de compras é facilitado permitindo o controle de custo.

Já o controle de retirada de mercadorias ajuda na organização do que está em falta e nas compras de produtos. Se controlada pelo sistema, a possibilidade de erro é menor, por exemplo, a falta de produtos em dia de funcionamento do estabelecimento.

 

Custo-benefício

O custo-benefício se torna um ponto interessante visto as vantagens que o sistema de gestão gera para o estabelecimento de forma geral. A produtividade, otimização de espaço e tempo trazem benefícios no resultado final.

 

Conclusão

Parece mentira, mas é possível não precisar mais perder tempo contado estoque, nem sofrendo com ficha técnica no papel e muito menos com planilhas extensas e confusas.

Por fim, administrar corretamente o estoque, ajuda criando uma rotina sobre o que precisa ser comprado, o que não serve mais e o que ainda está em uma quantidade adequada. Dessa maneira ainda há como estar atento a preços atrativos e condições de pagamento vantajosas.

O estabelecimento só tem a ganhar com a tecnologia dos sistemas de gestão de controle de estoque, e uma ajuda no gerenciamento junto com o crescimento do negócio é sempre bem-vinda.

A melhor solução hoje do mercado tem sido o investimento em automatizações. A integração de todo o restaurante unido a tecnologia na mão do cliente e do funcionário como cardápio digital, comanda eletrônica, controle de mesas trazem maior retorno financeiro.