O que você considera um bom atendimento ao cliente no caso do seu estabelecimento? Antes de responder, lembre-se do seguinte: seu público é imediatista, independentemente da idade. Sabe por quê? Pessoas com fome costumam ser impacientes, querem um atendimento rápido e qualidade no serviço oferecido.

Agora, volta no início deste texto e tenta separar os principais motivos que fazem o seu cliente voltar ao seu bar, ou pizzaria, ou lanchonete, ou restaurante, ou hamburgueria, ou temakeria, ou restaurante oriental… seja qual for o cardápio que você oferece, a dica de hoje vale para você.

Nem sempre o atendimento está perfeito, mas o produto vale a pena. Então, dá para esperar duas horas até ser atendido, né? É um ponto fortíssimo ter um produto aprovado pelos clientes, mas, poxa, não dá para melhorar o atendimento e ser completo? Claro que dá!

Essa melhora depende de uma série de modificações que podem ser feitas no seu estabelecimento. Se você ainda utiliza o bloquinho de notas para os garçons anotarem os pedidos, a demora do atendimento já começa aí. Com o sistema OnChef sua empresa fica on em todos os quesitos: atendimento, processo de produção, qualidade, pagamento, estoque e relatórios necessários para avaliar a gestão.

Okay, mas como posso ter mais produtividade com o sistema OnChef? Simples. Com o sistema On o garçom não precisa mais de bloquinho de notas, porque ele vai utilizar a comanda eletrônica. Através do aplicativo no celular ele envia o pedido da mesa direto para a cozinha. Sem letras complicadas para ler, sem confusão. A demanda é rápida! Não tem como errar o pedido do cliente e isso já é um ponto a mais para o atendimento. Outro benefício da comanda eletrônica que facilita – e muito – a hora do pagamento é o fato de o cliente saber o quanto ele consumiu, inclusive tem acesso ao tempo de permanência na mesa com tudo o que foi consumido até o momento. Isso, sim, é comodidade, agilidade e segurança ao cliente.

São situações práticas que tornam o trabalho dos garçons, cozinha e caixa uma linguagem só. Menos erros, menos frustrações aos clientes e mais credibilidade. E aí, a produtividade só cresce.